GP Mónaco de 1958 – O GP em que B. Ecclestone sonhou ser piloto de F1

AUTOMOBILISMO – Este seria um bom titulo para um qualquer jornal tablóide, mas para mal dele é mesmo verdade e a estória conta-se em poucas palavras.
Bernard Charles Ecclestone sempre foi um apaixonado pelas competições motorizadas tendo disputado várias corridas de motas, de F3 e F2, vindo a sofrer um acidente em Brands Hatch que quase lhe acabou com a carreira de piloto, acabou, essa palavra não está no léxico de Ecclestone e eis que passados uns tempos e depois de ter amealhado algum dinheiro com a firma de comércio motociclista bernieecclestonegpmnaco1 Compton & Ecclestone, compra a equipa Connaugh e torna-se manager de Stuart  Lewis-Evans que de seguida abandona a equipa e vai para a Vanwall. E eis que chega o GP do Mónaco 1958, Ecclestone nunca se dá por derrotado, privado do seu piloto veste o fato de piloto e ao volante do obsoleto Connaught Type B com motor Alta de 1,5litros, tenta classificar-se para a corrida, a tarefa é difícil, 31 inscritos para 16 lugares na grelha, Bernie tinha cometido um dos maiores erros da sua carreira, fez mais 6 minutos que a pole de Tony Brooks em Vanwall, 1:39.8, . Bernie reconheceu o erro ( única vez que reconheceu um erro?) e que o seu futuro estava na F1, mas não como piloto…

bernieecclestonegpmnaco berniecoopercockpit1 berniecoopermkv1

FONTES:
Forum Autosport.com
Wikipédia
Arquivo pessoal
Fotos retiradas da net

2 comentários:

interdomin disse...

Buen artículo. Me recuerda a éste: http://pelodeloro.blogspot.com/2010/08/historia-de-la-f1-1958.html

Hya una foto de Bernie.

Domingos disse...

Caro interdomin

Obrigado pelo teu comentário e pelo excelente Blog que me indicaste.
Um abraço e volta sempre.
Domingos